Economia

Economia

 

A atividade agrária é mais significativa no concelho de Tomiño com o cultivo da uva, quivi ou da planta ornamental que representam um volume importante em geração de valor. A atividade industrial tem mais impacto em Vila Nova de Cerveira pela existência de parques empresariais ocupados, em grande parte, com indústrias vinculadas à área viguesa.

As possibilidades de desenvolvimento de ambas atividades não estão esgotadas e supõem a base da economia de ambos concelhos, pelo que a sua promoção e extensão são imprescindíveis para o emprego e o desenvolvimento da Eurocidade.

Complementariamente à atividade da industria e da agricultura, há uma boa possibilidade de desenvolver um sector terciário em torno ao turismo, restauração, gastronomia, valores paisagísticos e culturais vinculados ao rio Minho.

O desenvolvimento económico deve basar-se na complementaridade de recursos. Mais na cooperação e procura de sinergias do que na concorrência.


APP TURISMO ACESSÍVEL


app-turismo-accesible

Apresentamos a app Turismo acessível, uma ferramenta inovadora para ajudar a descobrir os locais de interesse em Vila Nova de Cerveira e Tomiño. Uma lista dos pontos mais relevantes como espaços ao ar livre, monumentos, arte, arquitetura, museus e desporto devidamente acompanhados por uma descrição, assim como uma explicação da sua envolência.

A app é interativa e bidirecional, permitindo ao usuário sugerir alterações ou retificações nos percursos. São recursos essenciais e priomordialmente concebidos para quem tem mobilidade reduzida e deficiência visual.



GUIA PARA A PROMOÇÃO DO TURISMO


portada-guia-turismo-Eurocidade-web-1

O turismo de Cerveira-Tomiño constitui-se como uma atividade económica com grandes potencialidades empresariais e laborais. As tendências atuais do turismo obrigam a novos conteúdos e experiências que requerem a promoção de uma utilização sustentável deste território ribeirinho baseado nos seus recursos endógenos.

Por este motivo nasce a 'Guia para a promoção do turismo', resultado de 18 meses de trabalho conjunto em prol da melhoria da divulgação e da promoção da competitividade do setor, através da compilação dos principais recursos naturais, culturais e patrimoniais de ambos os municípios, com vista ao desenvolvimento sustentável de um território comum. Com uma forte metodologia participativa, a elaboração deste guia permitiu que, pela primeira vez, muitos agentes turísticos de ambos os concelhos se conhecessem e se sentassem à mesma mesa para convergir ideias e perspetivas.



PROMOÇÃO DE RECURSOS E ACTIVOS TURÍSTICOS




PROGRAMAÇÃO TRANSFRONTEIRIÇA DENTRO DA 16ª MOSTRA DE CULTIVOS DO BAIXO MIÑO




XORNADAS


O turismo no contexto transfronteiriço Cerveira-Tomiño. Experiências, desafios e oportunidades