Projeto

Projeto

 
A estratégia de cooperação transfronteiriça nasce da vontade conjunta da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira e do Concelho de Tomiño em estabelecer linhas de intervenção conjuntas para o desenvolvimento integrado do território, dentro da estratégia Europa 2020, que se concretiza no espaço Euro-regional no Plano de Investimento Conjunto Galiza-Norte de Portugal.
 
A Agenda de Cooperação Transfronteiriça - Amizade Cerveira Tomiño tem como principal objetivo a procura de um crescimento sustentável do território que se repercuta positivamente na melhoria da qualidade de vida e da coesão social da população deste espaço comum, baseado na colaboração das potencialidades de um recurso comum como é o rio Minho, na preservação e promoção inteligente dos seus valores naturais, culturais e etnográficos, e na partilha e otimização dos equipamentos e serviços públicos, dos recursos humanos económicos num programa de cooperação virado ao futuro.
 
Este objetivo passa necessariamente por aprofundar e consolidar as relações institucionais através de uma
programação e gestão conjunta e compartilhada dos distintos serviços públicos e pelo envolvimento da cidadania na formulação de soluções comuns para a resolução de problemas comuns..
 
O objetivo do presente projeto centra-se em fomentar a igualdade de oportunidades entre todos os cidadãos dos dois países, enquanto fator de melhoria das condições de vida e de coesão social e económica, baseado em ações desenhadas, desenvolvidas, implementadas pelos atores locais, já que são estes que têm maior conhecimento sobre as problemáticas existentes no território..
 
Os resultados do projeto podem ser divididos em 4 grupos, de acordo com as atividades. O primeiro grupo concentra os resultados que se efetivam na animação das relações entre os concelhos de Vila Nova de Cerveira e Tomiño, contribuindo para a “melhoria das estruturas institucionais para a cooperação e funcionamento”, na medida que constitui um novo modelo de governança transfronteiriça, assente num trabalho conjunto entre as duas autarquias ao nível técnico e politico, com uma componente de avaliação e participação pública efetiva.
 
No segundo grupo de resultados esperados, concentram-se aqueles que contribuem para a coesão social pela gestão partilhada de serviços públicos ao permitir o acesso universal e comum dos cidadãos a uma série de serviços sociais coletivos de caráter público, independentemente do lado da fronteira em que morem ou se encontre o equipamento em questão.
 
O terceiro grupo de resultados reflete também uma maior aproximação entre as condições sociais e económicas das duas margens, na medida em que se direcionam a esbater as assimetrias ainda existentes no acesso ao mercado de trabalho, no fomento do empreendedorismo e basear novas oportunidades de negócio/emprego em setores chave da economia local e/ou no recurso comum rio Minho.
 
O quarto grupo de resultados, agrega aqueles que contribuem para o desenvolvimento das habilidades e capacidades técnicas dos atores envolvidos através da avaliação comparativa, intercâmbio de experiências e participação em redes de cooperação.
 
A Agenda Estratégica de Cooperação Cerveira-Tomiño é um projeto cofinanciado ao 75% pela convocatória INTERREG VA POCTEP, fundos da FEDER da UE.